Linhares da beira

linhares da beira

Qual é a aldeia histórica de Linhares da Beira?

A aldeia histórica vista do Castelo de Linhares da Beira. Linhares (embora chamada e grafada usualmente como Linhares da Beira) é uma freguesia portuguesa do município de Celorico da Beira, com 15,71 km² de área e 259 habitantes (2011). A sua densidade populacional é de 16,5 hab/km².

Como é classificada a vila de Linhares da Beira?

Em 2013 a Antiga Vila de Linhares da Beira é classificada como Conjunto de Interesse Público ( Portaria n.º 279/2013).

Quais são as principais características do Pelourinho de Linhares da Beira?

O Pelourinho de Linhares da Beira é um monumento quinhentista de arquitetura manuelina que exibe no topo do pelourinho a esfera armilar mas também a Cruz de Cristo. Por outro lado, mesmo em frente ao Pelourinho irá encontrar a Antiga Casa da Câmara, que também merece a sua atenção.

Qual é a origem do nome Linhares?

O linho, que foi noutros tempos uma das culturas importantes da região, estará na origem do nome Linhares, literalmente campo de linho.

Qual é o nome da aldeia de Linhares da Beira?

O Castelo de Linhares da Beira é o ex-libis e cartão postal desta Aldeia Histórica. É constituído por duas torres e muralhas que envolvem o recinto, isto porque uma das torres destinava-se a ser usada pela população e a outra seria para utilização militar.

Quais são as características do Pelourinho?

As características diferenciadas do Pelourinho são a maior concentração da Arquitetura Colonial Barroca Portuguesa, além das ruas estreitas e intrigantes, ladeiras charmosas e chão de pedras. Enfim, cenário de séculos atrás. A localização do bairro foi estrategicamente escolhida do ponto de vista da defesa da cidade, desde o Séc.

Como é classificada a vila de Linhares da Beira?

Em 2013 a Antiga Vila de Linhares da Beira é classificada como Conjunto de Interesse Público ( Portaria n.º 279/2013).

Como surgiu o Pelourinho do Porto?

Detalhe do pelourinho do Porto, em Portugal Segundo Alexandre Herculano e Teófilo Braga, os pelourinhos tiveram origem na columna moenia romana que distinguia com certos privilégios as cidades que os possuíam. Os pelourinhos, normalmente, são constituídos por uma base sobre a qual assenta uma coluna ou fuste, terminando por um capitel.

Postagens relacionadas: