Rivotril

rivotril

Como tomar o medicamento Rivotril?

A dose de Rivotril® depende da doença, da resposta clínica, idade e tolerabilidade. Recomenda-se que o tratamento inicie com doses mais baixas, que podem ser aumentadas se necessário. Siga a orientação médica. Adultos: Dose inicial: não exceder 1,5 mg/dia, dividida em 3 doses.

Qual a diferença entre o medicamento Rivotril e os comprimidos sublinguais?

Rivotril ® comprimidos de 0,5 mg e 2,0 mg não apresenta características marcantes que o diferenciem de outros comprimidos. Rivotril ® comprimidos sublinguais não apresentam características marcantes que o diferenciem de outros comprimidos.

Como usar o medicamento Rivotril na gravidez e amamentação?

Uso de Rivotril na gravidez e amamentação Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Rivotril® só deve ser administrado a gestantes se houver indicação absoluta e se os benefícios potenciais superarem os riscos para o feto. Rivotril®pode prejudicar seu bebê.

Quais são os riscos da superdose de Rivotril?

A superdose de Rivotril®está raramente associada com risco de morte, caso o medicamento tenha sido tomado isoladamente, mas pode levar à arreflexia, apneia, hipotensão arterial, depressão cardiorrespiratória e coma. Se ocorrer coma, normalmente tem duração de poucas horas; porém, pode serprolongado e cíclico, particularmente em idosos.

Quais são os riscos e benefícios do uso de Rivotril?

Avaliar o risco/benefício do uso de Rivotril® a longo prazo em pacientes pediátricos com distúrbios epilépticos. Rivotril® pode aumentar a salivação e as secreções brônquicas em lactentes e crianças pequenas. Atenção: manter as vias aéreas livres. Não há dados de eficácia/segurança de Rivotril® em menores de 18 anos com distúrbio do pânico.

Como usar o medicamento Rivotril na gravidez e amamentação?

Uso de Rivotril na gravidez e amamentação Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Rivotril® só deve ser administrado a gestantes se houver indicação absoluta e se os benefícios potenciais superarem os riscos para o feto. Rivotril®pode prejudicar seu bebê.

Quais são as consequências do uso de altas doses de Rivotril no último trimestre da gestação?

O uso de altas doses no último trimestre da gestação ou no trabalho de parto pode causar arritmia no feto e baixa temperatura corpórea, falta de tônus muscular, depressão respiratória e dificuldade de sucção no bebê. Tanto a gestação quanto a suspensão de Rivotril® podem exacerbar a epilepsia.

Quem tem glaucoma pode tomar Rivotril?

Você não deve usar Rivotril® se tiver: glaucoma agudo de ângulo fechado. Pacientes com glaucoma de ângulo aberto, em uso de terapia apropriada podem receber Rivotril® 4. O que devo saber antes de usar este medicamento?

Rivotril sublingual é mais eficaz q o comprimido normal? a vantagem da apresentação sublingual é o inicio de ação mais rápida pois não há necessidade de passar pelo figado para entrar na corrente sanguínea; os sublinguais entram direto na correte sanguínea. portanto a eficacia seria a mesma porem com ação mais rápida.

Qual é a diferença entre clonazepam e Rivotril?

Clonazepam é a substância contida no Rivotril*. É como você falar em arroz e citar marcas de arroz ou em açúcar e citar marcas de açúcar - não é uma questão de aproximação. Se precisar de aconselhamento de um especialista, marque uma consulta online. Você terá todas as respostas sem sair de casa. Mostrar especialistas Como funciona? Boa tarde!

Quais as vantagens da administração de medicamentos por via sublingual?

A superdose de Rivotril® está raramente associada com risco de morte, caso o medicamento tenha sido tomado isoladamente, mas pode levar à arreflexia (ausência de reflexos), apneia, hipotensão arterial, depressão cardiorrespiratória e coma. O que acontece se uma pessoa tomar Rivotril em excesso?

Quais são as consequências do uso prolongado de Rivotril?

Postagens relacionadas: