Greve professores 4 outubro

greve professores 4 outubro

Quando será a greve nacional de professores e educadores?

Informamos os Pais e Encarregados de Educação que para o próximo dia 4 de Outubro, segunda-feira, está convocada uma greve nacional de Professores e Educadores. Pode consultar o pré-aviso de greve. convocada pelo Sindicato Independente de Professores e Educadores (SIPE), em:

Quando será suspensa a greve dos docentes?

Esta greve será suspensa a partir do momento em que o Ministério da Educação aceite reunir, com vista à eliminação de todos os abusos e ilegalidades que atingem os horários de trabalho dos docentes garantindo, dessa forma, o respeito pela lei, lê-se no comunicado emitido pelo Secretariado Nacional.

Quais são as atividades da greve?

A greve abrange ainda as atividades de coadjuvação, de apoio a grupos de alunos e as atividades de lecionação de disciplina/área curricular, incluindo no âmbito da substituição de docentes, em casos de ausência de curta duração, em todos os casos em que não se encontram integradas na componente letiva dos docentes.

Quando será a greve nacional da administração pública?

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou esta sexta-feira a adesão à greve nacional da administração pública marcada para dia 12 e a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de Novembro.

Como Será a concentração dos professores e educadores no dia 5 de novembro?

A concentração, marcada para as 15h00, realiza-se no mesmo dia em que os professores e educadores estarão em greve, 5 de Novembro, convocada por várias organizações sindicais, e em simultâneo com a audição do ministro da Educação no parlamento a propósito da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022).

Quais são os tipos de greve?

A greve, direito fundamental e instrumental do trabalhador, pode ser conceituada como a suspensão coletiva, temporária e pacífica, total ou parcial, de prestação pessoal de serviços a empregador (art. 2º, Lei n. 7.783/89). Não raro surgem nomenclaturas para certos tipos de greve. É de extrema importância o conhecimento dessas alcunhas.

Qual a origem da greve?

Qual a origem da greve? O direito grevista foi construído pelas transformações históricas e sociais ocorridas ao longo do tempo, que o sedimentaram. A concepção atual do termo greve é resultado da Revolução Industrial e da Francesa e de movimentos trabalhistas, desenvolvendo-se no bojo de relações trabalhistas assalariadas.

Quais são os requisitos para a realização da greve?

Excecionalmente, em empresas em que a maior parte dos funcionários não esteja sindicalizada, a realização da greve poderá ser decidida por uma assembleia que tenha sido convocada expressamente com essa intenção por um mínimo de 20% dos trabalhadores ou, numa empresa de grandes dimensões, duzentos.

Por que as greves não eram consideradas um direito dos grevistas?

Significa dizer que as greves não eram consideradas um direito dos grevistas e, portanto, não eram regulamentadas por lei. Com o tempo, porém, reivindicar melhores salários, melhores condições de trabalhos etc, passou a ser um direito dos cidadãos que podiam ser exigidos através das paralisações de atividades, isto é, das greves.

Postagens relacionadas: