Torre dos clerigos

torre dos clerigos

Quais são as principais características da Torre dos Clérigos?

Não tenho dúvidas: a Torre dos Clérigos têm uma vista panorâmica e deslumbrante do Porto e Vila Nova de Gaia! A torre, com a sua situação dominante sobre a cidade, que, não esquecemos, é um importante porto marítimo e fluvial, serviu durante muito tempo de farol aos marinheiros.

Onde fica a Igreja e Torre dos Clérigos?

A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Quais são os estilos arquitectónicos da Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos, é incontestavelmente o ex-líbris da cidade, e um excelente miradouro sobre esta. Com uma mistura de estilos arquitectónicos o edifício apresenta em todo o seu esplendor, traços do neoclássico oitocentista, arquitectura toscana, assim como o neopaladiano inglês.

Onde fica a Igreja dos Clérigos?

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre. A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Qual é o estilo da Torre dos Clérigos?

A Torre dos Clérigos possui o estilo barraco em sua arquitetura, marca do período no qual foi construída, tendo sido finalizada em 1763. Quando se fala dessa construção, sempre devem ser mencionados Nicolau Nasoni e a Irmandade dos Clérigos, personagens importantíssimos para que essa obra efetivamente fosse construída.

Onde fica a Igreja e Torre dos Clérigos?

A Igreja e Torre dos Clérigos (século XVIII) é um notável conjunto arquitetónico situado na cidade do Porto, Portugal, sendo considerado o cartão-postal dessa cidade. O conjunto localiza-se no topo da Rua dos Clérigos, entre as ruas de São Filipe Néri ( ou São Filipe Nery) e da Assunção.

Qual a diferença entre a Irmandade dos clérigos e a Torre dos Clérigos?

Já a Irmandade dos Clérigos foi uma instituição formada por fieis no começo do século XVIII. Com seu crescimento econômico se tornou possível garantir a construção da Torre e da Igreja dos Clérigos. Sendo um dos símbolos arquitetônicos de Porto, não é de se estranhar que a Torre dos Clérigos receba cerca de 500 mil visitantes todos os anos.

Como surgiu a Igreja dos Clérigos?

O projeto da Igreja dos Clérigos, de autoria de Nicolau Nasoni, foi aprovado na reunião da Irmandade dos Clérigos, em dezembro de 1731. As obras arrancaram em abril de 1732, com a abertura dos alicerces, iniciando-se assim a construção daquela que viria a ser a primeira igreja em Portugal com planta em forma de elipse.

Como foi a construção da Torre dos Clérigos?

O objetivo da construção do conjunto arquitetônico dos Clérigos com a Irmandade começou por ser uma associação de fiéis.

Qual é a arquitetura dos Clérigos?

A arquitetura dos Clérigos caracteriza-se pela irregularidade e exagero das formas que originam um efeito cénico surpreendente.

Quando foi construída a Igreja dos Clérigos?

Está coroada pela Torre dos Clérigos, que é um dos monumentos mais emblemáticos da cidade. Este conjunto monumental do Século XVIII foi construído pela irmandade dos Clérigos Pobres no centro antigo da cidade de Porto, no lugar que se conhece como a “Colina dos Enforcados”, já que é o lugar onde eram enterrados os executados.

Quais são os altares da Igreja dos Clérigos?

A cúpula ostenta o brasão de armas da Irmandade dos Clérigos, em granito fingido, e assenta sobre seis pilastras, destacando-se dois púlpitos e duas grades, os exemplares mais antigos de talha dourada na igreja, e se abrem quatro altares laterais: o do Santíssimo Sacramento, Nossa Senhora das Dores, Santo André Avelino e São Bento.

Postagens relacionadas: