Armação de pera

armação de pera

Quais são as principais características da armação de Pêra?

Armação de Pêra é uma conhecida estância de veraneio, que alberga nas férias de verão milhares de pessoas de todo o país à procura do sol, da praia e das águas tépidas do oceano. É também um exemplo flagrante do desordenamento urbanístico que assolou extensas áreas do Algarve desde a década de 1960 .

Quais são as melhores experiências para conhecer mais sobre armação de Pêra?

Reserve estas experiências para conhecer mais sobre Armação de Pêra. 1. Praia de Nossa Senhora da Rocha O acesso à praia é feito através de uma estrada bastante inclinada, que dá acesso à Capela da Nossa Senhora da Rocha,... 2. Praia dos Pescadores 3. H2o PooL Lounge 4. Tridente Boat Trips 5. Prestige Days Travel & Transfers 6. Moments Watersports

Por que investir em Armação de Pêra?

Em Armação de Pêra está ligado à região por acessos rápidos, vias de comunicação e auto-estradas que levam o seu negócio a todo o Algarve. Ao centro da região tirará o máximo partido da localização geográfica privilegiada e encontrará uma vasta rede de cooperação, conhecimento, talento e suporte para que se sinta seguro nos seus empreendimentos.

Quais são as principais atrações a visitar em Armação de Pêra?

Reserve estas experiências para ver Armação de Pêra de perto. 1. Praia de Nossa Senhora da Rocha 2. Praia dos Pescadores Areal extenso, com muito espaço, junto a avenida com muita animação e comércio. Água excelente e passadiços para...

Quais são as melhores experiências para conhecer mais sobre armação de Pêra?

Reserve estas experiências para conhecer mais sobre Armação de Pêra. 1. Praia de Nossa Senhora da Rocha O acesso à praia é feito através de uma estrada bastante inclinada, que dá acesso à Capela da Nossa Senhora da Rocha,... 2. Praia dos Pescadores 3. H2o PooL Lounge 4. Tridente Boat Trips 5. Prestige Days Travel & Transfers 6. Moments Watersports

Quais são as primeiras referências ao sítio de armação de Pêra?

As primeiras referências ao sítio, onde hoje se encontra Armação de Pêra, datam de 14 de Julho de 1559. Na altura havia algumas casas de madeira, cobertas por colmo, utilizadas por pescadores que faziam ai a sua faina; a sua utilização não era de permanência.

Por que a armação de Pêra é uma das melhores estâncias balneares do Algarve?

Com o aparecimento do turismo no Algarve, Armação de Pêra beneficia de um desenvolvimento considerável, por ser reconhecida como uma das melhores estâncias balneares algarvias. Nesta povoação é então construído um dos primeiros e mais modernos Casinos da época.

Quando foi criada a freguesia de armação de Pêra?

A freguesia de Armação de Pêra é criada em 1933, sendo desanexada da de Alcantarilha, pelo Dec. 22.430, de 10 de Abril.

Quais são as principais características da armação de Pêra?

Armação de Pêra é uma conhecida estância de veraneio, que alberga nas férias de verão milhares de pessoas de todo o país à procura do sol, da praia e das águas tépidas do oceano. É também um exemplo flagrante do desordenamento urbanístico que assolou extensas áreas do Algarve desde a década de 1960 .

Por que a armação de Pêra é uma das melhores estâncias balneares do Algarve?

Com o aparecimento do turismo no Algarve, Armação de Pêra beneficia de um desenvolvimento considerável, por ser reconhecida como uma das melhores estâncias balneares algarvias. Nesta povoação é então construído um dos primeiros e mais modernos Casinos da época.

Quais são os tipos de turistas que frequentam a armação de Pêra?

Com o surto de turismo de massas, Armação de Pêra passou a ser frequentada não só pela classe alta, mas também por pessoas oriundas das classes média e média baixa.

Quais foram os fatores que contribuíram para a construção de uma fortaleza em Armação de Pêra?

Por factores demográficos, económicos ou por ambos, construiu-se uma pequena fortaleza em 1667, que com a sua guarnição militar reforçou a presença humana em Armação de Pêra. Aquando do maremoto de 1755, morreram 84 pessoas em Armação de Pêra, tendo ficado de pé apenas uma casa (LOPES, 1989 [2.ª ed.], p. 290).

Postagens relacionadas: