Sef cascais

sef cascais

Qual a importância da cidade de Cascais?

Apesar da sua importância, durante muitas décadas Cascais recusou sempre ser elevada à categoria de cidade, preferindo simplesmente a de vila. Como outras localidades, Cascais apresenta-se atractiva para imigração, sendo de destacar a variedade de origem dos que nela se instalam. Vista costeira do centro de Cascais.

Qual é a origem do nome Cascais?

A origem do topónimo Cascais é incerta, contudo, José Leite de Vasconcelos avança no seu Dicionário Onomástico Etimológico da Língua Portuguesa a probabilidade de que derive do substantivo cascal, referindo-se assim a um amontoado de cascas.

Quem foi o senhor de Cascais?

São nesse ano sucedidos pelos de Vilhena (com D. Henrique Manuel de Vilhena como Senhor de Cascais entre 1373 e 1384 e entre 1385 e 1386). Na crise de 1383–85, Cascais manteve-se fiel a D. Beatriz, algo que viria a justificar a doação da vila, por D. João I, ao Dr. João das Regras:

Qual a origem das paróquias de Cascais?

Tal progresso decorre na criação das paróquias de Nossa Senhora da Assunção, de São Vicente de Alcabideche e de São Domingos de Rana, altura em que deixam de estar sujeitas à paróquia de São Pedro de Penaferrim, quando a Confraria de Nossa Senhora da Guia decidiu mandar edificar em Cascais uma ermida sob a invocação da sua padroeira.

Onde fica a cidade de Cascais?

A norte de Cascais localiza-se Sintra e a oeste, entre a cidade e a capital, está Oeiras. Banhada pelo oceano Atlântico, a leste e sul, tem áreas de praia e de paredões.

Quais são as vantagens e desvantagens da cidade de Cascais?

Outra vantagem de Cascais, que a coloca a frente das cidades do norte do país, como Porto e Braga, por exemplo, é o clima. Muitos aposentados buscam regiões de clima ameno, sem grandes variações ao longo do ano, pouca chuva e mais dias nos quais possam aproveitar a cidade.

Quais são os principais pontos históricos de Cascais?

O porto de Cascais transformara-se por então numa importante via de escoamento da produção agrícola de Sintra para Lisboa, bem como numa importante base de abastecimento de pescado para Lisboa. No eclesiástico, seria a 10 de Dezembro de 1253 que Cascais se integraria na paróquia de São Pedro de Penaferrim, situação que se manteria até 1523.

Por que viver em Cascais?

Por que viver em Cascais? Cascais é uma das principais cidades na área metropolitana de Lisboa, que concentra boa parte da população portuguesa, e 6 das dez maiores cidades portuguesas. Além de estar em uma das zonas mais desenvolvidas do país, a cidade é conhecida pela qualidade de vida e tranquilidade.

Qual é a história de Cascais?

Em meados dos finais do século XIV, por deliberação de El-Rei D. Pedro I, Cascais foi elevado à categoria de Vila, com jurisdição cível e crime própria. No entanto, só em 1370 El-Rei D. Fernando confirmou a decisão de seu pai D. Pedro, criando o termo do concelho.

Qual a origem das paróquias de Cascais?

Tal progresso decorre na criação das paróquias de Nossa Senhora da Assunção, de São Vicente de Alcabideche e de São Domingos de Rana, altura em que deixam de estar sujeitas à paróquia de São Pedro de Penaferrim, quando a Confraria de Nossa Senhora da Guia decidiu mandar edificar em Cascais uma ermida sob a invocação da sua padroeira.

Quem é o Marquês de Cascais?

Como ficou explicado, o 6.º Conde de Monsanto foi feito Marquês de Cascais em 1643, durante a Guerra da Restauração contra Espanha, por ocasião de ser nomeado embaixador a Paris esse mesmo ano. D. Álvaro Pires de Castro e Sousa (c. 1590 - 1674), 10.º Senhor e 1.º Marquês de Cascais e 6.º Conde de Monsanto

Quais são os principais monumentos da cidade de Cascais?

Os Fortes de São Jorge de Oitavos e de Santa Marta, hoje musealizados, são importantes exemplos deste conjunto de edificações. De todas elas, a mais emblemática é a Cidadela de Cascais, que, integrando a Torre de Santo António e a Fortaleza de Nossa Senhora da Luz, permite reforçar a defesa da costa cascalense.

Postagens relacionadas: