Edwards

edwards

Como tratar a síndrome de Edwards?

Não existe tratamento específico para a Síndrome de Edwards, no entanto, o médico pode recomendar remédios ou cirurgia para tratar alguns problemas que ameaçam a vida do bebê nas primeiras semanas de vida.

Por que a síndrome de Edwards é mais frequente na gravidez?

Geralmente, a Síndrome de Edwards é mais frequente em gestações nas quais a grávida tem mais de 35 anos. Assim, caso a mulher engravide após os 35 anos, é muito importante fazer um seguimento da gravidez mais regular com o obstetra, para identificar possíveis problemas precocemente.

Quais são os exames mais invasivos para a síndrome de Edwards?

Para confirmar o diagnóstico, podem ser feitos outros exames mais invasivos como punção das vilosidades coriônicas e a amniocentese. Não existe tratamento específico para a Síndrome de Edwards, no entanto, o médico pode recomendar remédios ou cirurgia para tratar alguns problemas que ameaçam a vida do bebê nas primeiras semanas de vida.

Qual a expectativa de vida do bebê com a síndrome de Edwards?

Infelizmente, a síndrome de Edwards não tem cura e, por isso, o bebê que nasce com esta síndrome tem baixa expectativa de vida, sendo que menos de 10% conseguem sobreviver até 1 ano após o nascimento. A síndrome de Edwards é causada pelo surgimento de 3 cópias do cromossomo 18, sendo que normalmente só existem 2 cópias de cada cromossomo.

¿Qué es el síndrome de Edwards?

El síndrome de Edwards recibe este nombre en honor a John H. Edwards, médico y genetista británico que, en 1960 y en la Universidad de Wisconsin, describió dicho trastorno. Se trata de una aneuploidía autosómica (una anomalía cromosómica en los cromosomas no sexuales, los autosómicos) originada por una copia adicional del cromosoma 18.

¿Cuánto tiempo vive un niño con síndrome de Edwards?

Epidemiológicamente se ha demostrado en otros casos que solo un 10 % de los niños que presentan síndrome de Edwards sobreviven solo hasta el primer año de vida, tratando las condiciones preexistentes.

¿Cuál es la postura de los niños con síndrome de Edwards?

Las caderas los niños con síndrome de Edwards no pueden extenderse más de 45º. Por esta razón, una postura muy común en ellos es tener siempre las piernas cruzadas. Además de tener un talón prominente, los niños con síndrome de Edwards suelen tener el primer dedo del pie corto y en dorsiflexión.

¿Cómo se diagnostica el síndrome de Edwards durante el embarazo?

El diagnóstico del síndrome de Edwards generalmente se realiza durante el embarazo cuando el médico observa los cambios indicados anteriormente. Para confirmar el diagnóstico se pueden realizar otras pruebas más invasivas como la punción de vellosidades coriónicas y la amniocentesis. ¿Cómo se hace el tratamiento?

Síndrome de Edwards tem cura? Essa doença não tem cura e a expectativa de vida do bebê que nasce com a síndrome é baixa. Cerca de 50% das crianças não vivem mais do que uma semana, mas também há crianças que vivem por vários anos, apesar de enfrentarem desafios em relação à saúde.

Qual a importância da triagem para o diagnóstico da síndrome de Edwards?

Como é feito o diagnóstico da síndrome de Edwards?

O diagnóstico da síndrome de Edwards geralmente é feito ainda durante a gestação quando o médico observa as alterações indicadas anteriormente. Para confirmar o diagnóstico, podem ser feitos outros exames mais invasivos como punção das vilosidades coriônicas e a amniocentese.

Por que a síndrome de Edwards é mais frequente na gravidez?

Geralmente, a Síndrome de Edwards é mais frequente em gestações nas quais a grávida tem mais de 35 anos. Assim, caso a mulher engravide após os 35 anos, é muito importante fazer um seguimento da gravidez mais regular com o obstetra, para identificar possíveis problemas precocemente.

Qual a importância da triagem para o diagnóstico da síndrome de Edwards?

Da mesma forma, a triagem para o diagnóstico da Síndrome de Edwards também não é 100% precisa. Por isso, os médicos preferem encarar esse tipo de teste como uma indicação do risco que uma pessoa tem de ser portadora da doença.

Como posso suspeitar da síndrome de Edwards durante um ultrassom de gravidez?

Seu médico pode suspeitar da Síndrome de Edwards durante um ultrassom de gravidez, embora essa não seja uma maneira precisa de diagnosticar a doença. Métodos mais precisos tiram as células do líquido amniótico (amniocentese) ou placenta e analisam seus cromossomos.

Postagens relacionadas: