Vaga calor

vaga calor

Quando a onda de calor vai chegar a Portugal?

A onda de calor que afeta países como a Grécia deve chegar a Portugal na segunda metade de agosto. Especialistas avisam para a probabilidade de incêndios florestais, mas afastam situação dramática semelhante à de 2017. ... A onda de calor que está a atingir a Europa deverá chegar em breve a Portugal.

Por que a Grécia está a ser atingida pela pior vaga de calor?

A Grécia está a ser atingida pela pior vaga de calor desde há mais de 30 anos, alertou já o primeiro-ministro grego, Kyriakos Mitsotakis. Uma vaga que levou vários incêndios a deflagrar, especialmente na ilha de Rodes e no noroeste do Peloponeso, provocando a destruição de, pelo menos, três dezenas casas, armazéns agrícolas e estábulos.

Por que a onda de calor está a atingir a Europa em breve?

A onda de calor que está a atingir a Europa deverá chegar em breve a Portugal. Temperaturas muito elevadas que potenciam o risco de incêndio, como tem acontecido em países como a Grécia ou a Turquia. Os especialistas alertam para este perigo em território nacional, mas afastam uma situação tão grave como aquela que se viveu em 2017 no país.

Quais os países que vão enfrentar a onda de calor?

Em Portugal, as temperaturas vão ultrapassar os 40 graus. Já na Grécia, por exemplo, vão ser batidos recordes de temperaturas recordes, sendo previstos 48 graus de máxima. À semelhança de Portugal e a Grécia, também Espanha, Itália e o Reino Unido vão enfrentar uma onda de calor que se pode tornar perigosa para as populações.

Qual é a onda de calor mais frequente em Portugal?

Em Portugal continental, são mais frequentes no mês de Junho. A onda de calor de maior duração em Portugal foi aquela que aconteceu entre Julho e Agosto de 2003, que durou 17 dias. Segundo o IPMA, foi a onda de calor com maior duração registada desde 1941.

Por que a seca pode acompanhar a onda de calor?

O centro regional de Offenbach também fez um alerta de que em algumas regiões, a seca pode acompanhar a onda de calor, especialmente na Europa Oriental. Ao mesmo tempo, frequentes tempestades com granizo são esperadas na Europa Central e do Sudeste. Há ainda um risco de estresse por calor para pessoas vulneráveis ​​e de incêndios florestais.

Como as cidades europeias protegem seus habitantes do calor?

De Paris a Berlim e Málaga, as cidades europeias tentam proteger seus habitantes do calor extremo que atinge o continente e que alguns meios de comunicação descrevem como infernal. Na Alemanha, o calor é tão intenso que começou a derreter o asfalto de uma rodovia no centro do país e levou as autoridades a reduzir os limites de velocidade.

Postagens relacionadas: