Taxas euribor

taxas euribor

O que é a taxa de juros Euribor?

A Euribor é utilizada entre outros pelos bancos para fixarem as suas próprias taxas de juros. Uma descida ou subida da Euribor pode ter consequências para o nível das taxas a aplicar em todo o tipo de produtos bancários, como contas poupança, hipotecas e empréstimos.

Por que escolher o prazo da Euribor?

Por exemplo, em abril, a média da Euribor a 12 meses subiu para valores positivos, tendo mais do que duplicado de valor desde o início de 2022, o que implica que uma prestação de crédito com base neste indexante vai aumentar mais do que se estiver associada a outro prazo.

Qual é o impacto da subida da Euribor a 12 meses?

A Euribor a 12 meses está mesmo a aproximar-se de 1%, atingido máximos de 10 anos em junho. E a Euribor a 6 meses está positiva pela primeira vez desde 2015. Estas subidas têm impacto nas prestações da casa a pagar aos bancos em várias dezenas de euros. Mas quanto vão subir em concreto? Explicamos tudo tendo por base cálculos de especialistas.

Quais são as taxas interbancárias europeias mais importantes?

As taxas Euribor são as taxas interbancárias europeias mais importantes. Verificando-se uma subida ou descida (abruptas) das taxas Euribor é quase certo que o nível das taxas de juros para produtos bancários como hipotecas, contas poupança e empréstimos também são ajustadas. Para uma exposição sumária de todas as taxas Euribor actuais, clique aqui.

Quais são as taxas Euribor?

As taxas Euribor são consideradas como as taxas de base para todo o tipo de produtos de taxas de juros, como por exemplo, swap de taxas de juros, futuros de taxas de juros, contas poupança e empréstimos hipotecários. Por esta razão, as taxas Euribor são atentamente observadas não só pelos profissionais mas também por muitos particulares.

O que é a Euribor e como funciona?

A Euribor é definida pela negociação feita entre um painel de bancos. Actualmente são 26 o número de instituições financeiras, entre as quais a Caixa Geral de Depósitos (CGD). Os bancos negoceiam os juros cobrados entre si para se financiarem entre eles.

O que é a taxa de juros?

Euribor(Euro InterBank Offered Rate) é a taxa de juros média utilizada por um grupo representativo de bancos nos empréstimos mútuos realizados em euros. Há taxas para 5 diferentes períodos de tempo, de 1 semana a 12 meses. Existe ainda uma taxa overnight (duração de 1 dia) que se chama a taxa de juros Eonia.

Qual é a diferença entre o euro e a Euribor?

Muito associada aos créditos habitação, a Euribor nasceu com o Euro, a moeda única, precisamente no dia 1 de Janeiro de 1999. O seu nome, Euribor, é uma abreviatura para Euro Interbank Offered Rate, que traduzido à letra seria algo como “taxa de oferta interbancária em Euros”.

Quais os riscos da subida das Euribor?

Se acontecer, a subida deverá ser lenta e estão afastados os cenários de as Euribor chegarem aos níveis de 5% que tiveram em 2008, quando a política do banco central as levou a esses patamares, mas uma subida de um ou dois pontos percentuais poderá já ser difícil de gerir no orçamento de muitas famílias.

Quais os impactos da subida de taxas Euribor no futuro?

Hoje em dia, até devido ao incentivo dos bancos para o crédito, à procura junta-se o preço elevado do imobiliário”, pelo que uma subida de taxas Euribor pode ter “um impacto significativo no futuro”, disse à Lusa o economista Nuno Rico, da Deco Proteste.

Qual o futuro da Euribor a três meses?

No caso da Euribor a três meses, o economista chefe do Novo Banco acredita que, embora deva permanecer negativa este ano, a média anual deverá atingir terrenos positivos em 2023 e deverá continuar a subir em 2024, mas para um valor inferior a 1%.

Quais os impactos da subida da Euribor na prestação da Casa?

Esta subida “apesar de pouco significativa, vai ter um impacto ligeiro no aumento das prestações do crédito habitação a partir da segunda metade de 2023, o que se prolongará em 2024”, explica Pedro Lino na mesma publicação. Qual o impacto no crédito habitação nos próximos anos?

Postagens relacionadas: