Catecismo 1 ano

catecismo 1 ano

Qual a origem do Catecismo?

O CIC tomou o lugar do antigo Catecismo Romano, vigente desde 1566. Neste novo Catecismo é possível encontrar uma síntese das partes principais da doutrina católica, não só sobre pontos de fé, dogmas, mas também sobre sua essência moral, obedecendo aos preceitos da Igreja.

O que é o Catecismo da Igreja Católica?

O século XVI é o século do grande Catecismo Romano (também chamado Catecismo do Concílio de Trento ou Catecismo de Pio V), publicado em 1566. Ele foi encomendado durante a Contrarreforma Católica pelo Concílio de Trento, para expor a doutrina e aprofundar a compreensão e saber teológico do clero.

Qual a diferença entre catecismo e catequese?

A palavra catecismo significa informar, instruir e ensinar, a viva voz, para distinguir do ensino realizado através da escrita, ou seja, através dos livros. Enquanto o ensino dos livros é feito individual e silenciosamente, a catequese (ou catecismo) é feita com a presença de um instrutor, ensinando a viva voz.

Quais são as partes do Catecismo da Igreja Católica?

O Catecismo da Igreja Católica foi dividido em quatro partes, as quais estão ligadas entre si. Na primeira parte, é tratado o mistério cristão, que é o objeto da fé, com a Profissão da Fé. Na segunda parte, é celebrado e comunicado, nos atos litúrgicos, o que professamos com a Celebração do Mistério Cristão.

Quem promulgou o Catecismo da Igreja Católica?

São João Paulo II, quando Papa, promulgou, no dia 11 de outubro de 1992, o Catecismo da Igreja Católica. Em 25 de janeiro de 1985, o Papa João Paulo II convocou uma Assembleia Especial do Sínodo dos Bispos para tratar dos frutos do Concílio Vaticano II na vida da Igreja. Muitos bispos manifestaram o desejo da promulgação de um novo Catecismo.

O que é o catecismo e para que serve?

Ele explicou que durante um longo período na história da Igreja, a era da cristandade, utilizou-se o termo “catecismo” para se referir ao tempo de preparação para a recepção dos sacramentos da Iniciação Cristã. Mas, na verdade, o Catecismo é o livro que apresenta as verdades fundamentais da fé cristã.

Qual a importância da catequese?

“A palavra ‘catequese’, de origem grega, quer dizer: ecoar. A catequese é serviço ao Evangelho, educação sistemática e permanente da fé, e por isso mesmo, é prioridade indiscutível em nossas comunidades eclesiais”.

Quais são as competências do catequista?

“Catequese também é testemunho e o catequista, como testemunha, se torna lugar privilegiado de encontro com Cristo, pelo seu jeito de ser, de amar, de acolher, de educar na fé. Por isso a formação deve contemplar as competências: ser, saber e saber fazer do catequista”.

Quais são os desafios da Boa catequese?

A boa catequese, no entanto, não depende apenas da boa formação dos catequistas, mas envolve também o interesse dos catequizandos e aí está um grande desafio. Padre André explicou que a catequese deve contemplar em sua metodologia as diferenças de cada fase do desenvolvimento da pessoa.

Postagens relacionadas: