Certificados de aforro

certificados de aforro

Quem pode comprar certificados de aforro?

Quem pode comprar Certificados de Aforro? Qualquer pessoa, desde que seja singular, pode ser titular de Certificados de Aforro. Estes são títulos nominativos, ou seja, não são transmissíveis, não podendo ser vendidos a um amigo ou passados a um familiar. A titularidade deste produto apenas é transmissível em caso de falecimento do aforrador.

Quais são os riscos dos certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro não têm Risco. A compra de certificados de aforro é um hábito de muitas pessoas. Aliás, são muitos os jovens adultos de hoje que têm estes produtos que foram subscritos pelos seus pais ou avós como presente de aniversário ao longo dos anos.

Qual o prazo de vencimento dos certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro têm um prazo de 10 anos a partir da respetiva data-valor de cada subscrição e cada subscrição vence juros com uma periodicidade trimestral. O vencimento dos juros ocorre no dia do mês igual ao da data-valor da subscrição.

Quais as vantagens de investir em certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro são produtos de poupança adorados pelos portugueses e podem ser uma alternativa aos depósitos a prazo. Os Certificados de Aforro são um produto financeiro de capitalização. Por isso são uma boa alternativa para quem quer poupar.

Como funcionam os certificados de aforro?

Isto significa que, ao subscrever Certificados de Aforro, está a emprestar dinheiro ao Estado Português. É o Estado Português que garante que vai receber de volta toda a sua poupança e os juros a que tiver direito. A partir do segundo ano, além da taxa-base beneficia de um prémio de permanência de 0,5 %.

Qual o prazo de vencimento dos certificados de aforro?

Os Certificados de Aforro têm um prazo de 10 anos a partir da respetiva data-valor de cada subscrição e cada subscrição vence juros com uma periodicidade trimestral. O vencimento dos juros ocorre no dia do mês igual ao da data-valor da subscrição.

Qual a diferença entre certificados de aforro e certificados do Tesouro?

Certificados de Aforro e Certificados do Tesouro são produtos de poupança do Estado. Saiba o que os distingue. Os Certificados de Aforro ou Certificados do Tesouro são instrumentos utilizados pelo Estado para se financiar.

Quais são as vantajosas características dos certificados de aforro?

Ao investir através deste produto de aforro tem um conjunto de características muito vantajosas, especialmente se compararmos os certificados de aforro com os depósitos a prazo. São elas: Liquidez – A liquidez sem perda dos juros é trimestral.

Quando é possível levantar os certificados de aforro?

Se levantar os certificados antes do fim de um período de três meses, não lhe são pagos os juros desse período de três meses. O valor dos certificados é transferido para a conta bancária que associou à subscrição, no prazo máximo de 2 dias úteis.

Quais são os benefícios dos certificados de aforro?

De acordo com dados do Banco de Portugal, as aplicações em certificados de aforro têm vindo a subir consecutivamente desde o início do ano. Efetivamente, os certificados de aforro apresentam taxas de juro mais elevadas e têm também um montante mínimo de investimento mais reduzido que a maioria dos depósitos a prazo.

Como saber quanto valem os certificados de aforro?

Se possui títulos de Certificados de Aforro, mas não sabe quanto valem atualmente, pode obter essa informação em qualquer estação dos correios. Além disso, a Agência de Gestão e Tesouraria e da Dívida Pública (IGCP) emite extratos para os clientes com uma periodicidade trimestral e envia-os para a respetiva morada.

Como investir em certificados de aforro?

Se tem umas poupanças de lado e não sabe como rentabilizá-las, investir em certificados de aforro pode ser uma boa solução. Ao adquirir Certificados de Aforro está a comprar dívida pública, com capital garantido pelo Estado. Ou seja, ao subscrever estes títulos, está a emprestar dinheiro ao Estado português.

saw

Postagens relacionadas: