Teletrabalho recomendado

teletrabalho recomendado

Por que o teletrabalho deixou de ser recomendado pelo governo?

O teletrabalho deixou de ser recomendado pelo Governo, mas há regras excecionais que se mantêm em vigor. Com a passagem de situação de calamidade para situação de alerta, o Governo deixou de aconselhar o teletrabalho aos trabalhadores cujas funções o permitiam, desde que dispusessem de condições nesse sentido.

Quais são as condições para trabalhar em Teletrabalho?

A quem esteja em teletrabalho, devem estar garantidas as condições para exercer as suas funções. O empregador deve disponibilizar os equipamentos de trabalho e de comunicação necessários à prestação das suas tarefas à distância.

Quais são as regras do teletrabalho?

Todos os custos associados ao teletrabalho, incluindo acréscimos no custo da energia e da rede de internet, devem ser pagos pela entidade patronal. O mesmo se aplica às despesas relativas à manutenção dos equipamentos e sistemas.

Quanto tempo dura o teletrabalho?

O teletrabalho pode ter duração determinada ou indeterminada, ou seja, ficar ou não definido à partida quanto tempo durará. Nos primeiros 30 dias, tanto a empresa como o trabalhador podem pôr fim a este tipo de regime.

Qual a decisão do governo sobre o teletrabalho?

O Governo decidiu deixar cair a recomendação de teletrabalho. A partir de agora deixa de ser uma recomendação voltando em pleno à normalidade, anunciou a ministra da Presidência, Mariana Vieira da Silva, na conferência de imprensa posterior ao Conselho de Ministros desta quinta-feira.

Quando vai deixar de ser recomendado o teletrabalho?

Teletrabalho deixa de ser recomendado a partir de 1 de outubro Com os avanços na vacinação, o Governo decidiu levantar uma série de restrições, nomeadamente a recomendação de adotar o teletrabalho, sempre que as funções sejam compatíveis. A adoção do teletrabalho vai deixar de ser recomendada a partir de 1 de outubro.

O que aconteceu com o teletrabalho?

O teletrabalho deixou de ser obrigatório no dia 14, passando a ser recomendado na generalidade do território de Portugal continental, exceto nos quatro concelhos que apresentam taxas de incidência de covid-19 superiores aos limites definidos pelo Governo.

Quando entra em vigor o teletrabalho?

Também as alterações ao teletrabalho aprovadas no parlamento no final de 2021 e que entraram em vigor em 01 de janeiro de 2022 devem ser respeitadas.

No regime de teletrabalho, a prestação laboral é realizada, habitualmente, em casa, proporcionando menos custos à empresa e um maior bem-estar aos seus funcionários. Isso não significa, porém, que o teletrabalhador tenha menos direitos do que os colegas que trabalham no regime “normal”. Como se define o teletrabalho?

Qual a importância do teletrabalho para as empresas?

Postagens relacionadas: